Escrito por

Quem inventou o amor? Me explique, por favor! Sei quem inventou o love.

​ Luciana Neder, Cultura| Vistas: 26

AMOR é a inspiração da coluna “É Só Sucesso”. Quem inventou o amor? Quem inventou o amor, me explica por favor! Como eu vou saber? Não existe um autor. O que existe é um fenômeno que leva paixões a se transformarem em amor através da atração, do afeto e da proximidade física, que promove uma sensação de familiaridade e segurança, entre outros fatores também como a inteligência, a personalidade e por último, a beleza. Beleza não põe mesa. Disse-me uma amiga: eu não sou bonita mas eu sou apresentável e conquistei o meu amor. Já reparou que quando a gente começa a amar alguém, ele(a) fica mais bonito(a), lindo(a)? É porque o amor é um encantamento. Eu não sei quem o inventou, mas sei quem inventou o LOVE, a tradução de AMOR em inglês, em forma de uma escultura. Ele é Robert Indiana, pintor, escultor e poeta, autor do logotipo LOVE, instalado na Avenida das Américas, em Nova York. É a escultura mais famosa de uma palavra de quatro letras, composta de duas partes de letras empilhadas em um quadrado de alumínio policromado, pintado de vermelho, verde e azul, com as letras L, V e E em pé e o O desequilibrado, evocando a paixão. Essa imagem do LOVE, de Robert Indiana, é tão universal quanto a própria palavra. Além das esculturas LOVE espalhadas em várias cidades do mundo, muitas variações podem ser encontradas em selos postais,  cadernos, sacolas, camisetas, ímãs, canecas, inclusive onde tudo começou: nos cartões de natal. Parece que a obra ganhou vida própria, tornando-se uma das imagens mais reconhecidas na cultura popular. E por falar em vida, Robert Indiana, o artista que conquistou o mundo, acabou de falecer, dia 19 de maio, 2018, aos 89 anos. Vamos explorar o tema deste texto: “Amor através da arte”. Quem sabe surge uma oportunidade que nos leva a ganhar corações do mundo inteiro?

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *