Escrito por

Entrevista com Bruna Vieira 2018, por Luciana Neder

​ Luciana Neder, Colunista, Entrevista| Vistas: 327

Eu tenho uma novidade: a minha coluna do jornal está com novo estilo. E a convidada para ilustrar essa nova fase é uma estrela que brilha

Pingue-pongue com Bruna Vieira:

Defina quem é…
Sou uma mulher observadora que ama escrever e compartilhar suas descobertas pessoais enquanto viaja ao redor do mundo ou simplesmente vai ali na padaria da esquina comprar pão. Tenho um blog chamado Depois Dos Quinze e já publiquei 8 livros com a Editora Gutenberg.

Qual é o seu estilo
Meu estilo é uma mistura de todas as coisas que já vivi. Priorizo sempre o conforto, mas adoro usar a moda para expressar o que estou sentindo. Moda tem que ser divertido, caso contrário é só um monte de gente dizendo o que eu devo ou não comprar.

Na moda, o que te valoriza?
O que me faz sentir bem. A roupa tem que funcionar como uma extensão do meu humor naquele dia.

O que é elegância?
Elegância pra mim é saber que somos todos iguais vivendo realidades diferentes. A capacidade de se colocar no lugar do outro é a característica que mais me agrada e impressiona em alguém.

Maior qualidade
Ao longo da vida aprendi a ser uma pessoa sem raízes. Isso me permite viajar o mundo, mudar de planos e no fim do dia sempre descobrir algo novo que me completa. Essa coragem de viver a vida me proporcionou experiências maravilhosas e eu tenho muito orgulho disso.

Grande defeito
Sou uma pessoa muito desorganizada. Chego no ambiente e dois minutos depois ele já virou de cabeça pra baixo. Rs Acho que de alguma forma me encontro na minha própria bagunça, mas sei que essa é uma característica ruim e que irrita muito as pessoas que convivem comigo. Estou tentando melhorar. rs

Mania
Minha principal mania é ouvir música o dia todo. No banho, no caminho para o restaurante, na hora de dormir… seeeempre. Amo escutar música e busco inspirações nas melodias para criar meus textos ou tomar pequenas decisões da minha vida. Acredito que a música salva todos os dias a alma da gente.

Internet
Foi onde eu me descobri e onde eu me conecto todos os dias com as pessoas que mais amo no mundo. Sinceramente não sei o que seria da minha vida sem as redes sociais e o Whatsapp. Rs

Sua relação com a arte
Desde muito nova aprendi a usar arte, a escrita, para decifrar e externar os meus sentimentos mais confusos. Passar pela adolescência foi uma experiência transformadora e poder compartilhar o que acontecia dentro de mim com o resto do mundo foi o que me deu um propósito na vida. Eu teria me afogado nos meus próprios pensamentos sem a arte.

Um projeto
Estou mudando da cidade novamente e quero escrever um livro para encorajar outras meninas que sonham em viajar sozinha. Ainda é só um projeto, mas acredito que estará pronto até o fim do ano. Segredo, viu?! Shhhh! rs

Animal de estimação
Cachorro. Desde muito nova me descobri uma pessoa completamente apaixonada por animais. Nada me deixa mais feliz do que estar perto de um bichinho de estimação. Pra mim eles são anjos que vieram para nos lembrar como é importante valorizar as coisas mais simples da vida.

Se vc pudesse…
Eu inventaria o teletransporte. Já vi e vivi tanta coisa maravilhosa no mundo. Gostaria muito que as outras pessoas pudessem vivenciar isso também. Viajar ainda é caro, então é algo que nem todo mundo consegue fazer com frequência. Seria incrível ter uma ferramenta para estar em vários lugares em tão pouco tempo. rs Espero que não demore tanto para criarem isso.

Que Brasil vc quer para o futuro?
Gostaria que todo mundo tivesse a oportunidade e a liberdade de se descobrir como pessoa e profissional ao longo da vida. A realidade do nosso país é dura e boa parte da população nunca teve acesso ao básico durante a infância e adolescência. Fico pensando em quantas ideias maravilhosas já não se perderam nessa trajetória, sabe?! Sonho com um Brasil onde a educação é a prioridade do governo.

 

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *